Saturday, December 20, 2014

1972 - Chacrinha é da Tupi

Jornal do Brasil
Data de Publicação: 14/12/1972
Autor: Valério Andrade
CHACRINHA NO 6

Em cima da crise ele criou um novo refrão: "Alô, Alô, Dona Inês, o Chacrinha agora está no 6".

A notícia de que havia a possibilidade da estréia ser adiada, aumentou a expectativa e introduziu em cena o suspense antes do clímax. Assim, no dia da estréia no 6, o grande affaire da televisão em 72 ganhou um novo toque hitchokiano, via terreno judiciário.

Na hora certa, com o auditório da Tupi especialmente ornamentado para o grande acontecimento, gente espalhada por todos os lados, fotógrafos, cinegrafistas, o indomável animador entrou em cena.

"O Abelardo Barbosa está com tudo e não está prosa', - gritou o auditório.

Com toda corda, mais excitado do que o habitual Chacrinha dirigia pessoalmente o espetáculo, dando ordens, empurrando os cantores de um lado para outro. E, como um juiz de futebol, fazia uso de um apito:

"Olé, Olá, o Chacrinha está botando prá quebrar".

Como um dínamo no palco, Chacrinha não parava, nem permitia que a inexperiência da equipe da Tupi prejudicasse o ritmo alucinante de sua discoteca. Numa demonstração de força pessoal, o animador fez desfilar frente as câmaras um elenco de atrações, cantores. jurados, artistas de novelas, etc.

Vez por outra, o grito: "Alô Plínio! - e o novo baterista fazia o ruído característico. Chacrinha, apesar do caos festivo, nunca esquecia de que o non sense verbal e sonoro é sua marca registrada, o seu grito contra o tédio e o convencionalismo:

"Um, Dois, Três, o meu barraco fica assim de gavião" - cantava batendo com o pé em coro com as chacretes.

E uma vez, quando a memória o traiu, fazendo-o trocar o nome da Tupi pela Globo, limitou-se a rir. Era a força do hábito.

Salvo pequenas falhas, decorrentes da falta de intimidade dos técnicos com o ritmo galopante do Chacrinha, a estréia da Tupi nada ficou a dever aos melhores (ou piores) momentos do tempo da Globo. Do ponto-de-vista pessoal, o Chacrinha deu o melhor de si, jogando tudo o que sabia numa partida decisiva.

E tudo indica que o velho guerreiro ganhou a parada, pois não deve ter sido pequeno o número de telespectadores que mudou de canal na noite de ontem.

No comments:

Post a Comment

Followers