Tuesday, June 4, 2013

1983 - O Ibope da Manchete

Jornal do Brasil
Data de Publicação: 12/6/1983
Autor: Benevenuto Netto
MANCHETE ESTRÉIA EM SEGUNDO LUGAR NO GRANDE RIO

Nenhum espanto por isso e nenhuma euforia também. Porque, como eu sempre digo daqui, qualquer estréia traz em si doses de emoção e curiosidade que não se repetem necessariamente nos programas seguintes. Não quero dizer assim que a Rede Manchete não venha a se posicionar como a segunda rede de televisão do país em questões de audiência, de qualidade, de produção. É muito cedo para qualquer prognóstico, contrário ou favorável. Pode ser que ela se coloque ali. E se colocará não porque tenha tido boa audiência na estréia. Será sim, a segunda, ou mesmo a primeira do país, se souber cativar o público e atendê-lo em suas necessidades de informação e entretenimento. E isso não se faz em uma noite ou uma semana. É trabalho de meses e meses, de anos, de constância e fôlego.

Posto isso, eu diria que a Manchete está indo bem. Foi também muito bem domingo passado, público fiel, presente o tempo todo em que ela esteve no ar, garantindo-lhe então a primeira colocação no horário do filme, aqui no Rio.

A Globo saiu vencedora absoluta nos outros horários, mas perdeu, com a entrada da Manchete, na faixa das 19h às 22h, cerca de 18 pontos (1 milhão de pessoas) não só durante Os Trapalhões como ainda durante o Fantástico. E as médias desses programas, geralmente por volta dos 58,60% cada um, acabaram caindo para 40,0% (Trapalhões) e 43,9% (Fantástico). As outras emissoras nada ou quase nada se abalaram com a nova rede: mantiveram índices e públicos.

Interessante registrar como a expectativa era grande quanto à chegada da Manchete. Antes mesmo do horário previsto para a estréia, muitos telespectadores já ligavam seus televisores no canal 6. Por isso, às 18h30min de domingo, um público de 425 mil cariocas (7,3%) esperavam, com certeza ansiosos, o nascimento televisivo do ano.

Vale ainda outro registro: com seus ótimos filmes a Manchete promete incomodar bastante a emissora líder, como já aconteceu segunda-feira passada quando Horizonte Perdido, filme do canal 6, praticamente empatou com Ases do Espaço, no canal 4 (22,1% para a Globo contra 21,5% para a Manchete) chegando mesmo a ganhar todo o horário, exceto na primeira meia hora.

No comments:

Post a Comment

Followers