Friday, May 31, 2013

1985 - Roque Santeiro X Pássaros Feridos

VEJA
Data de Publicação: 28/8/1985
GUERRA NOTURNA

Roque Santeiro atrasa para ferir Pássaros Feridos

Rede Globo, ao divulgar os programas das 21h20, costuma anunciá-los para ''Logo após Roque Santeiro". O dono do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) e animador Sílvio Santos resolveu fazer o mesmo. Em seu programa dominical, Sílvio Santos arrumou uma forma inédita de promover a minissérie que exibiu em cinco capítulos na semana passada. "Vejam Roque Santeiro, uma bela novela que eu também vejo", disse ele, "e depois liguem no SBT para assistir a Pássaros Feridos, um programa espetacular.

Nada mais surpreendente. Pela primeira vez, uma emissora usava a, programação da outra para sustentar a sua. A Globo deu o troco e começou a atrasar sua novela, em uma ocasião por até 40 minutos. Mas a emissora de Sílvio Santos não se abalou. Colocava até desenhos animados no ar e continuava placidamente a esperar o fim da novela, de forma que Pássaros Feridos fosse levado ao ar, religiosamente, no minuto seguinte à última cena de Roque Santeiro.

O seriado do SBT não marcou tantos pontos no Ibope como a novela, líder absoluta, que chega a ter 80% da audiência no Rio de Janeiro e em São Paulo, mas conseguiu alguns dos maiores índices da história do SBT. Na segunda-feira, Pássaros Feridos obteve 50% de audiência em São Paulo contra 14% da Globo, que apresentava seu Viva o Gordo. Em Porto Alegre, no mesmo dia, o SBT deu na Globo por uma média de 48% contra 22%. No Rio, o SBT subiu de 6% para 27%, mas a Globo, embora despencando dos 72% para 47%, ficou na frente. Seguindo o conselho de Sílvio Santos, os telespectadores, depois de acompanhar o moralismo do padre Hipólito (Paulo Gracindo), em Roque Santeiro, mudavam para as aventuras amorosas do herói vivido por Richard Chamberlain em Pássaros Feridos, um cardeal dedicado e amante impetuoso a uma só vez.

No comments:

Post a Comment

Followers