Friday, May 17, 2013

1973 - Fantástico versus Chacrinha e Flávio Cavalcanti

Jornal do Brasil
25/9/1973
BRIGA PELA ÍNDICE DE AUDIÊNCIA
A briga pelo índice de audiência parece nunca ter atingido nível tão sério quanto neste último domingo, quando as três emissoras de televisão da Guanabara apresentaram ao público grandes atrações no mesmo horário.



O IBOPE, com 30 anos de tradição em pesquisa de mercado, apontou, em primeiro lugar, o Show Fantástico, com 55.8, seguido de 23.9, televisores desligados, 12.5, Chacrinha, e 7.8, Flávio Cavalcanti. O IBATE (Instituto Brasileiro de Análise Técnica e Estatística) criado há oito meses, realizou uma pesquisa qualitativa que apontou no mesmo período — entre 20 e 22 horas — 50.5 para a Rede Globo, 10.0 para a Tupi, 6.5 para a Rio e 33.0 para os que buscam uma nova opção.

QUALIFICAÇÃO

Para o diretor-presidente dou IBATE, Sr. Jadir Ferreira Batista, a diferença de resultados decorre dos diversos enfoques dados à pesquisa. Ontem à tarde, em entrevista coletiva convocada por ele, explicou que a empresa está desenvolvendo um trabalho que, afastando-se do valor puramente numérico, procura dar uma qualificação à pesquisa, apontando as faixas de público (classes sociais) atingidas em determinados horários.

— Precisamos acabar com a neurose do índice, com a pesquisa tendenciosa, e começar a definir este trabalho em termos qualitativos, sem os vícios e distorções de até então. Não é honesto apresentar um anúncio de uma fábrica de móveis em Nova Iguaçu numa emissora de TV que, por problemas técnicos, não penetra naquela área, como não é honesto convencer o anunciante a colocar seu comercial, exclusivamente dirigido aos jovens no horário de maior audiência — preenchido apenas por pessoas de idade.

No comments:

Post a Comment

Followers