Tuesday, September 21, 2010

1983 - Sandra Bréa na Bandeirantes

Jornal do Brasil
3/4/1983
Alberto Beuttenmuller
================



SABOR DE MEL 
Sandra Bréa, Raul Cortez, Carmen Silva, Eva Todor, Zaíra Bueno e até o costureiro Clodovil - grande arrecadador de Ibope - fazem parte do elenco milionário contratado pela Rede Bandeirantes para Sabor de Mel, estréia de amanhă ŕs 20h. Os dois artistas principais - Sandra e Raul - assinaram contrato de Cr$ 2 milhőes mensais para trabalhar nessa novela com que a emissora paulista pretende desbancar a Globo no nobre horário das oito, aproveitando o vácuo deixado pelo fim prematuro de Sol de Verăo e sua substituiçăo por uma reprise.



''Laura, esfinge do Morumbi, tem um enigma para lhe propor. Se adivinhar, ganhará Cr$ 50 milhőes. Venha e encontre sua sorte e seu verdadeiro caminho. Mas com uma ressalva: posso revelar a resposta ŕquele ou ŕquela que tiver o olhar do tempo, portanto o da verdade. Tel: 211.3011". Este é o anúncio que Laura (Sandra Bréa) coloca na imprensa, propondo um enigma a todos que quiserem aventurar-se a entrar no jogo. Na novela Sabor de Mel a situaçăo năo é diferente: a Bandeirantes pretende oferecer uma quantia ainda năo determinada para quem desvendar o enigma de Laura, misterioso personagem de Jorge Andrade.

O autor de ''Sabor de Mel diz que Laura propőe uma charada partindo de seu próprio mistério: "É preciso descobrir o segredo de Laura para desvendar o enigma proposto no anúncio e, assim, ganhar o pręmio. É uma novela que se tem de acompanhar desde o inicio; caso contrário será difícil. desvendar o enigma de Laura."

Édipo desvendou o enigma da esfinge de Gizeh: qual o animal que nasce de quatro, vive com dois e morre de tręs". A resposta é o homem, que ao nascer engatinha, depois cresce andando sobre duas pernas e na velhice anda de bengala. O enigma de Laura começa assim: "Năo existiu, mas aprisionou e torturou..." Só no sábado, dia 9, o enigma será proposto aos telespectadores e aos próprios personagens da novela, dando assim um, clima de romance policial a Sabor de Mel.

- Tudo nasceu de um anúncio que eu li num jornal paulista - conta Jorge Andrade. Dizia: "As bonecas Laura e Evita convidam vocęs para virem ao apartamento e vocęs jamais esquecerăo". Curioso, ele ligou para o número publicado: tratava-se de oferta de prazeres sexuais em grupo. Assim nasceu Laura, no texto de Jorge, e o anúncio serviu-lhe para compor o enigma que causará, segundo ele mesmo, "um mistério jamais visto nas novelas de TV". Além disso, pela primeira vez o Departamento de Marketing estará trabalhando junto com o autor, criando uma campanha que, por ser inusitada, deverá dar bom, Ibope, segundo o diretor da Divisăo de Comunicaçăo da Bandeirantes, Geraldo Tassinari.

Atraídos pelos Cr$ 50 milhőes, reúnem-se em torno de Laura personagens dos mais diferentes tipos e classes sociais: é Albertina (Karin Rodrigues), mulher divorciada de um portuguęs que vę no dinheiro a possibilidade de ir a Portugal seqüestrar a filha que ficou com o pai; é Pedro (Gianfrancesco Guarnieri), operário aposentado, que luta contra a família para tentar o desafio e acaba se apaixonando por Laura; săo os tręs universitários do Instituto de Física da Universidade de Săo Paulo que se apresentam por desejarem uma bolsa de pós-graduaçăo no exterior.

Laura, no centro da trama, é uma mulher fina e elegante, proprietária de uma metalúrgica herdada.do marido Samuel (Odilon Wagner) que se suicidou cinco anos antes para evitar a falęncia de sua empresa. Rica (propiciando cenários luxuosos, bem ao gosto de Jorge de Andrade, também autor de Ninho da Serpente) propőe: "Se vocę năo descobriu seu próprio enigma, como quer descobrir o meu?"

Alberto (Raul Cortez) é o diretor executivo da metalúrgica. Apaixonado por Laura há anos, ele se torna a alma da empresa para se aproximar mais dela. Mas năo consegue conquistá-la, nem decifrar alguns de seus enigmas. Quem é realmente Laura? Aonde ela vai? Por que esconde certas facetas de sua vida? Por que, jovem e bonita, recusa todos os homens?

Clodovil Hernandes fará seu próprio papel ele é o costureiro de Laura, além de seu amigo e confidente - e sua biografia é a única coisa năo-ficçăo na novela de Jorge Andrade."Se ele deixar, eu desvendo o seu enigma" - diz Jorge referindo-se ao costureiro famoso. Na verdade, Jorge acredita que Clodovil repete a história de Cinderela, pois "nasceu numa pobreza da mais miserável, saiu daquele buraco infecto onde passou a infância, chegando hoje ao topo do sucesso". Sabor de Mel deverá ter 120 capítulos, se depender do autor: "Năo acredito muito em textos com mais de 120 capítulos, mas tudo dependerá da emissora".

Uma história de suspense com momentos hilariantes, na definiçăo de Jorge de Andrade, Sabor de Mel tem a direçăo de Roberto Talma, que, assim como muitos atores da novela, foram capturados ŕ Globo pela Bandeirantes nesta guerra de audięncia. Com o mesmo objetivo, a emissora está oferecendo pręmio aos telespectadores que decifrarem o enigma de Laura, ao final da novela.

ENIGMÁTICA, COMO A ESFINGE

Toda de branco, contrastando com os cabelos negros, cortados ŕ moda egípcia Sandra Bréa está completamente envolvida com seu novo personagem, Laura, ''uma mulher forte, marcante, determinada feliniana, frágil só diante dos homens''. Para a atriz, 32 anos, esse é o melhor papel que já lhe foi dado em seus 15 anos de carreira.

- Lembra um pouco a Telma, de O Bem Amado, forte, enigmática, mas sem o elemento lúdico que existe em Laura - diz.

Sandra Bréa vę também, em Sabor de Mel, a oportunidade de contracenar, pela primeira vez, com Raul Cortez: "só me interessa trabalhar com atores melhores que eu, pois a minha escola vem deles", diz. E considera positiva a mudanças para a Bandeirantes, depois de 13 anos Globo fazendo de tudo - musicais, velas, apresentaçăo de programas, humor.

- Encontrei um bom ambiente de trabalho, inclusive o Roberto Talma, dirigindo novelas. As mudanças săo pequenas e boas - diz.

Essa atriz, que na juventude queria ser médica, faz questăo de declarar que Jardel. Filho, recentemente falecido, foi definitivo para a sua carreira. Jardel foi seu padrasto quando ela era criança e vendo-o no palco apaixonou-se pela profissăo. O ator disse-lhe entăo que ''teatro era uma brincadeira, como uma casa de bonecas''. Coincidęncia ou năo, foi na peça Casa de Bonecas, de Ibsen, que Sandra estreou no teatro, aos 17 anos.

Sua măe, Aurora, trabalhava como comissária, de bordo, no tempo dos velhos aviőes Constellation. Seu pai, Joseph Brito Filho, é um aviador norte-americano. Sandra nasceu em um aviăo americano em espaço aéreo brasileiro - "é por isso que vivo no ar" - e tem dupla nacionalidade. Declara-se sem enigmas em sua vida particular e disponível, no momento, para viver intensamente o de Laura, ponto crucial de toda a trama do texto de Jorge Andrade, autor a quem a atriz dedica especial carinho, pois foi com ele que fez um de seus melhores trabalhos, em Ossos do Barăo.

UM EXECUTIVO APAIXONADO.

Raul Cortez se prepara para deixar o palco teatral onde faz temporada com a peça Amadeus, de Peter Shaffer, em cartaz há um ano e tręs meses - trocando-o pelo vídeo em Sabor de Mel. Segundo o ator, é impossível conciliar o personagem desgastante do compositor Salieri, de Amadeus, com Alberto, o moderno executivo da novela da Bandeirantes.

Voltando com alegria ŕ televisăo - para ele, um divertimento - Cortez acha, entanto, que no teatro é que o ator se encontra e onde tem possibilidade de posicionar-se por inteiro.

- Tive, no passado, preconceito contra telenovelas, mas agora sinto que representar é minha profissăo e tenho de aproveitar o mercado existente - declara.

Preconceito ou năo, Raul Cortez é um veterano no gęnero. Nos idos de 1966, participou das primeiras novelas da extinta TV Excelsior. Mas foi na Globo e com Roberto Talma, diretor de Sabor de Mel, que fez seus melhores trabalhos em TV: em Água Viva, de Gilberto Braga, e em Baila Comigo, de Manoel Carlos. Como Alberto, na nova novela da Bandeirantes, o ator quer dar a seu melhor desempenho.

Sinto muita lealdade em Alberto. Apesar de ninguém ter dito nada, sinto que é uma pessoa do nosso tempo, um executivo de boa capacidade profissional. Neurótico pelo trabalho, como qualquer paulista profissional e sóbrio, Alberto pode ser de uma frieza cortante, mas também tem seus momentos de rara emotividade. Possui também o seu enigma - uma filha de um casamento mal-sucedido busca em Laura a mulher de sua vida, ainda que esta pouco ou nada lhe deixe de esperança - diz.

Satisfeito com sua opçăo pela Bandeirantes, Raul Cortez acha que a emissora está certa ao contratar grandes atores e diretores, com altos salários, formando unia equipe competente. "Estamos sentindo que há mudanças na Bandeirantes. E para melhor", afirma.

PRINCIPAIS PERSONAGENS

- Rebeca - (Françoise Fourton) - filha de Alberto, jovem de 18 anos, alegre, moderna e sem preconceitos

- Albertina (Karin Rodrigues) - 42 anos, dona de uma loja de artigos para homens, em Săo Paulo. Sua obsessăo é seqüestrar a filha, que vive há 10 anos em Portugal com seu ex-marido.

- Beatriz (Júlia Lemmertz) - filha de Albertina, 18 anos, estuda Direito. Na casa de Laura conhece Sérgio, por quem se apaixona.

- Sérgio, William e Paulo (Carlo Briani, Taumaturgo Ferreira e Giuseppe Oristânio) - recém-formados em Física, tęm o sonho de fazer o curso de pós-graduaçăo nós Estados Unidos.

- Jojô (Carmem Silva) - uma senhora de 70 anos com mentalidade de jovem. Alegre, comunicativa, moderna, se entende ŕs mil maravilhas com os personagens jovens da novela, atacando os mais velhos.

- Marta (Eva Todor) - filha de Jojô. viúva de 45 anos, trabalha muito, numa agęncia de Turismo e vendendo jóias, para sustentar as filhas. Quer desvendar o enigma para poder conhecer o mundo.

- Teresa (Cláudia Alencar) - filha de Marta, 23 anos, dentista, decide morar sozinha, chocando sua măe.

- Flávia (Zaíra Bueno) - filha de Marta, 21 anos, estudante de Direito.

- Ângela (Cristina Prochaska) - filha de Marta, 19 anos, romântica e sonhadora, pretende fazer a Faculdade de Letras.

- Pedro (Gianfrancesco Guarieri) - 48 anos, metalúrgico aposentado que só quer aproveitar bem o resto da vida, passada em sua, maior parte na fábrica. Encantador, vibrante, é o rei da Boca do Lixo de Săo Paulo.

- Guilherme (Flávio Galvăo), - filho de Pedro e Isolina, 30 anos, é o metalúrgico mais atraente da fábrica. Honesto e competente no trabalho, depois que viu Laura nunca mais se aproximou de nenhuma outra mulher.

- Isolina (Célia Helena) - mulher de Pedro, cinco anos mais velha do que ele. Pudica em excesso, é o espelho do fracasso como mulher e amante, para desgosto do marido, que a despreza.

- Terezinha (Mayara Magri) - filia de Pedro e Isolina, 18 anos, trabalha nos escritórios da metalúrgica e sonha ascender socialmente. - Humberto (Luiz Serra) - 36 anos viúvo, técnico em computaçăo: acha. que com auxílio das máquinas vai conseguir a soluçăo do enigma.

- Valquíria. (Maria Helena Imbassahy) - solteirona, irmă de Humberto, tem por ele verdadeiro amor materno, com grande dose de ciúme.

- Luba Assunçăo (Mila Moreira) - 25 anos, modelo de alta costura, desfila para Clodovil Hernandez. Sonha ter sua própria butique.

- Samuel (Odilon Wagner) - marido de Laura, falecido há cinco anos, aparece sempre em flashback.

Clodovil Hernandes - o figurinista interpreta a si mesmo, em determinada fase de sua vida. Aparece como grande amigo e confidente de Laura.

1 comment:

Followers