Friday, June 25, 2010

1985 - Censurando Travestis

VEJA
19/6/1985
========



MORAL DAS 7
Censura tira travestis de Um Sonho a Mais

A cada ano, homens fantasiados de mulher costumam aparecer nos vídeos brasileiros numa data bem específica, o Carnaval. Nesses quatro dias, a televisăo leva aos telespectadores cenas do que acontece em bailes e desfiles, quando os travestis vivem seus momentos de gala. Há dois meses, no entanto, uma trinca de travestis aparece diariamente no vídeo, trocando beijos com a maior naturalidade, discutindo problemas sexuais e até casando. O trio é formado pelas irmăs Anabela (interpretada por Ney Latorraca), Florisbela (Marco Nanini) e Clarabela (Antônio Pedro), personagens centrais da novela Um Sonho a Mais, levada ao pela Rede Globo ŕs 7 horas, escrita por Lauro César Muniz, Mário Prata e Dagormir Marquezi. A partir desta semana, respondendo aos protestos de telespectadores e ŕ açăo da Censura Federal, os travestis serăo progressivamente varridos do vídeo.

Os problemas com os travestis em Um Sonho a Mais explodiram no final do męs passado, no capítulo em que Anabela se casava com o personagem Pedro Ernesto (Carlos Kroeber), um bigodudo cinqüentăo que mal podia esperar pela noite de núpcias, que afinal năo se consumou. Nesse capítulo, a novela teve sua maior audięncia, conquistando 55% do público de Săo Paulo, segundo dados do instituto de pesquisa Audi-TV. Paralelamente, em Brasília, a Censura chamou dois dos autores, Lauro César Muniz e Mário Prata, para uma conversa. Na ocasiăo o diretor da Censura Federal, Coreolano Fagundes, argumentou junto aos autores que o horário das 7 tem um amplo público infantil, impróprio para personagens e tramas como os quę vinham sendo mostrados diariamente. Chegou-se entăo a um acordo de cavalheiros: os travestis deveriam deixar de ocupar o papel central no enredo da novela.

CARTAS DE PROTESTO - A trégua durou pouco. Os travestis năo apenas continuaram a merecer todo o destaque como ainda receberam um reforço, na forma do personagem Olga del Volga (Patrício Bisso), uma sexóloga que dá conselhos sobre sua especialidade. Olga praticamente dominou a açăo durante dois capítulos, discutindo longamente os motivos que levavam Anabela a evitar a noite de núpcias com Pedro Ernesto. A partir daí, começaram a se avolumar os telefonemas e as cartas de protesto ŕ Globo - só na semana passada, a emissora recebia cerca de vinte cartas e dez telefonemas diários de telespectadores criticando a novela.

Contrariado com o aparecimento da sexóloga-travesti, é munido de uma gorda coleçăo de pedidos do público por um maior rigor na censura, Coreolano Fagundes decidiu agir. Primeiro, determinou que algumas cenas mais absurdas, como a falsa gravidez de Anabela, fossem cortadas. Depois o diretor da Censura enviou um ofício ŕ Globo solicitando formalmente o desaparecimento dos travestis. A emissora aceitou, e já foi montado um cronograma para o sumiço dos personagens: até o fim desta semana, Florisbela e Clarabela sairăo do ar sem deixar vestígios. Em trinta dias, será a vez de Anabela deixar o vídeo, de pois de fugir de Pedro Ernesto.



No comments:

Post a Comment

Followers