Wednesday, June 16, 2010

1980 - Bandeirantes Mal de Novela

Jornal do Brasil
6/4/1980
============



Todo Poderoso, Pé de Vento...
Văo muito mal. As novelas da Bandeirantes năo estăo mesmo fornecendo opçőes. Pé de Vento tem um texto profissional de Benedito Ruy Barbosa mas está ruim de imagens, direçăo e elenco. Parece um trabalho dos anos 60. Mas vira até obra-prima, se comparada a O Todo Poderoso. Este enlouqueceu de vez com apelos a diabos, possessőes, exorcismos e cenários tremelicantes. O trio de autores, Edy Uma, Ney Marcondes e Carlos Lombardi, que substituiu a dupla original, Clovis Levy e Safiotti Filho, pensa que faz Janete Clair, mas năo chega nem aos pés de Glória Magadan. Delírios de imaginaçăo, histerias totais e multidăo de acontecimentos só chegam ao público quando o escritor tem um mínimo de carpintaria do gęnero e sabe dosar e amarrar suas implausibilidades. Os folhetinescos de sucesso, desde Alexandre Dumas, Pai, sempre acreditaram e souberam fazer seu trabalho com honestidade criativa. A trinca de agora fica no golpe pelo golpe e caí no descrédito popular. Enfim, estăo repetindo neste canal a mesma bobagem que levou sua primeira novela Como Salvar Meu Casamento, na Tupi, ao desastre do humorismo involuntário. Ser popular năo é nada disso e nem a invençăo de um Măo Branca mediúnico pode melhorar esta nada poderosa produçăo. Năo passa, pelo que apresenta, de um laboratório para o futuro Drácula que a estaçăo está anunciando. Na qual, esperamos, o terror seja pelo menos bem realizado.







No comments:

Post a Comment

Followers