Wednesday, June 16, 2010

1975 - Plínio Marcos pelos Negros

Última Hora
27/3/1975
Eli Halfoun
=========



DENÚNCIA
Plínio Marcos: "O negro năo tem vez na Televisăo"

Afastado da televisăo năo porque queira, irias porque seus trabalhos quase nunca podem ser apresentados, Plínio Marcos está fazendo do colunismo diário na Ultima Hora de Săo Paulo o seu encontro com o público. Em artigo publicado na última segunda-feira com o título de "Negro năo tem vez na televisăo", Plínio Marcos faz uma grave denúncia sobre a situaçăo do ator negro no Brasil. Năo é a primeira vez que alguém protesta contra a utilizaçăo de atores brancos pintados de preto para fazer papéis escritos para negros, como foi o caso (lembram-se?) de ''A Cabana do Pai Tomás'', em que Sérgio Cardoso foi obrigado a pintar-se para viver o papel título. Da importante denúncia de Plínio, publico os principais trechos: ''O problema de mercado de trabalho do ator brasileiro é muito grave. A cultura de consumo importada cada vez estreita mais o mercado do ator brasileiro. Mas o ator negro está em pior situaçăo. Ele năo tem vez nem no teatro e tem na televisăo. Dizem que negro năo dá Ibope. É de lascar. Muitos artistas negros estavam com esperança de terem papéis na novela baseada no romance de Jorge Amado. ''Gabriela, Cravo e Canela''. Sobraram. Mas o pior ainda do que pintarem os brancos de negro nas novelas, săo os programas de humor (humor duvidoso) feitos na televisăo, onde engraçados sem muita graça se pintam de negro e avacalham com uma raça inteira fazendo a caricatura do negro. Se há leis que impedem que os engraçados da televisăo ridicularizassem certos tipos, deviam impedir que os brancos se pintassem de negros para ridicularizarem uma raça. Isso é uma questăo de polícia, já que nada se pode esperar em matéria de respeito humano dos gęnios da televisăo."

Ator negro năo tem vez no Brasil. Isso é de lascar. Mexe e vira no teatro ou na televisăo pia um horror contra o artista negro. Pintam um branco qualquer para fazer papel de negro. No teatro, os diretores e produtores com muito cinismo e sem nenhuma cerimônia dizem que pintam brancos de negro quando necessitam um ator negro, porque năo existe bons atores negros no Brasil e que na Inglaterra também se faz isso. Primeiramente nós ternos no Brasil grandes atores negros. Bené Silva, Milton Gonçalves, Dalmo Ferreira, Pitanga, Samuel săo alguns atores negros de primeiro time. Se năo săo mais populares junto ao público é por falta de oportunidade., E talento se desenvolve com trabalho.

De repente, entra na programaçăo uma novela bem brasileira. Năo é preciso o cara ser um sociólogo para saber que o povo brasileiro é branco, preto, amarelo e de todas as cores. Entăo, se a novela é bem brasileira, os atores negros começam a ter esperanças de trabalhar. De pegarem papéis onde possam 'mostrar toda a força do talento. Foi assim em relaçăo a novela que a TV Globo vai lançar ''Gabriela, Cravo e Canela''. Os atores negros estavam na ilusăo de conseguirem papéis. Todo mundo conhece a obra do grande escritor Jorge Amado. Todo mundo sabe que o que năo falta nas histórias do mestre Jorge săo personagens mulatos e negros. Porém (e sempre tem um porém) os gęnios da Globo năo tomaram conhecimento. Botaram atores negros e Mulatos pra escanteio. Văo atacar de atores brancos. Pra năo acontecer os vexames que aconteceram em novelas passadas, a Globo năo vai pintar ninguém desta vez. Mas botou todos os seus atores "amarelos-esverdeados-estúdio" na praia para pegarem cor morena.

No comments:

Post a Comment

Followers