Thursday, May 13, 2010

1983 - Jota Silvestre X Silvio Santos

Folha de S. Paulo
24/4/1983
=============



AS ACUSAÇŐES DE J.SILVESTRE


O apresentador J.Silvestre reuniu a imprensa esta semana para explicar porque rescindiu seu contrato com a emissora de Sílvio Santos, apontando como razăo principal o fato de o SBT ter registrado em nome dele o título de seu programa "O Show É o Limite". J.Silvestre argumenta que "moralmente esse título me pertence", embora năo estivesse devidamente registrado, anteriormente, como seu, pois as primeiras apresentaçőes datam da década de 50, em outra emissora, no Rio.

- Isso, em linguagem mais clara, é um roubo - diz ele. Mas continuarei apresentando o mesmo programa a partir da próxima terça-feira, ŕs 21 horas, na TV Bandeirantes, só que com outro nome, "Programa J.Silvestre". Sei que o SBT continuará com "O Show É o Limite". Caberá, entăo, ao espectador escolher entre uma cópia e o original.

Entre as outras razőes de sua saída da TVS, o apresentador também cita problemas com premiaçăo:

- Recentemente, um menino de Brasília que respondia perguntas sobre capitais mundiais fez jus ao pręmio de um piano. Só que a emissora queria lhe dar um piano usado.Tive que brigar por um piano novo, conseguido com muito custo. Em outra oportunidade, meu programa prometeu uma perna mecânica a uma mulher que desfilou em cadeira de rodas no carnaval. A emissora se recusou a pagar. Tive, entăo, que dar o pręmio com dinheiro do meu próprio bolso.

Outra questăo apontada por J. Silvestre foi a constante recusa da emissora em pagar melhor os membros de sua equipe, quase todos vindos da ex-TV Tupi.

J. Silvestre diz ainda que seu programa era considerado caro demais na emissora e sofria cada vez mais cortes, embora tivesse vários anunciantes: "Meus convidados do quadro "Esta É Sua Vida", por exemplo, recebiam apenas o pagamento das passagens e do hotel em Săo Paulo, năo se incluindo refeiçőes, o que, sem dúvida, é um absurdo."

Todos esses problemas aborreceram o apresentador, que começou a pensar em se retirar da TVS. Segundo ele, confiando nos dirigentes da emissora ("Sempre me dei muito bem com Sílvio Santos, desde a década de 50, quando ele era o simples locutor que anunciava meus programas na TV Rio") assinou um novo contrato em novembro passado, ŕs pressas, momentos antes de viajar para os Estados Unidos. No documento ainda faltavam, assegura o apresentador, algumas cláusulas referentes ŕ produçăo de novos programas de pręmios em que a renda seria dividida meio-a-meio entre ele e a emissora. Na volta, porém, a promessa da inclusăo destas cláusulas năo foi cumprida.

- Diante disso, mandei, através de cartório, uma carta rescindindo meu contrato. A emissora, também por cartório, enviou-me outra dizendo que vai entrar na Justiça. Quero que ela faça isso: aí, terei oportunidade de contar tudo que sei e de abrir, por inteiro, o meu baú.

A multa pela rescisăo do contrato é, ainda segundo J. Silvestre, de Cr$ 150 milhőes.

2 comments:

  1. sensacional essa reportagem. grande J.Silvestre :) e grande silvio santos ha ha é quem quer dinheiro :)

    ReplyDelete
  2. Eu me lembro quando ele foi para a bandeirantes e do dia de estréia quando ele lei a carta aberta a Silvio santos. Foi muito legal. Programas como o dele fazem falta na televisão!!!

    ReplyDelete

Followers