Friday, January 1, 2010

1995 - Daniel Filho na BAND

Jornal: Folha de S. Paulo
Data de Publicação: 12/3/1995
Autor: Ivan Finotti




BANDEIRANTES CAÇA NOVO PÚBLICO
Os públicos feminino e juvenil estão na mira da Bandeirantes em 1995. E é exatamente a experiencia nestas duas áreas que a emissora buscou ao colocar Daniel Filho como o novo superintendente de programação e operação.

Daniel traz uma bagagem de 24 anos de Rede Globo - leia-se teledramaturgia - e também o seriado "Confissões de Adolescente", exibido pela Cultura.

Sua missão é aumentar a audiência da emissora em 50%, aproximando-se do SBT. Tem a seu favor os US$ 30 milhões que a Bandeirantes quer investir na programação e a inauguração de uma nova torre de transmissão - que custou US$ 10 milhões.

Uma novela inédita em parceria com a TV Plus é a arma para atrair as mulheres. Para os jovens procura-se uma serie com recursos de realidade virtual.

Apesar de não admitido pela direção, o tradicional tripé esportes-jornalismo-filmes está balançando. Além das saídas de Marília Gabriela (CNT) e Juarez Soares (SBT), Luciano do Valle recebeu pelo menos três propostas da emissora de Sílvio Santos.

______________________________________________________
............................................................................................................

............................................................................................................


No comments:

Post a Comment

Followers