Monday, January 4, 2010

1980 - Dercy Gonçalves, Ivany Ribeiro, Sérgio Jockymann

Jornal do Brasil
Data de Publicação: 24/11/1980
Autora: Maria Helena Dutra




DULCINÉA VAI À GUERRA
Custo e crer que funcione. No final de novembro termina a novela Cavalo Amarelo, de Ivany Ribeiro, no horário na Rede Bandeirantes, e no primeiro dia de dezembro sua personagem Dulcinéia Vai à Guerra em mais aventuras escritas por outro autor, Sérgio Jockyman, mas conservando a mesma atriz, Dercy Gonçalves.

Acredito ser esta medida um quebra-galho por atraso de produção ou qualquer outro contratempo, mas de qualquer forma me parece um terrível erro de planejamento de programação. E que vai apenas esvaziar, Pelo excesso de exploração, um sucesso que poderia render muito mais à Bandeirantes.

Embora a novela não tenha atingido bons índices de audiência, é inegável que houve maior mobilização popular para o canal graças à esplêndida atuação de Dercy. Melhor não foi, apesar de Ivany ser profissional experimentada nas regras do jogo, pelo despreparo técnico e de recursos da estação para poder concorrer o fausto da Globo no setor. Enquanto esta faz a baboseira de Pluma e Paetês, a vencedora do horário (um espetáculo bem acabado, leve e simpaticamente interpretado), o Canal 7 tropeça em cenas mal editadas, ritmo lento, direção inexistente, pobreza envergonhada nos cenários e figurinos e comparsaria mal ajambrada.

Mesmo assim querendo ser David numa época industrial em que as fundas já nada valem, a Bandeirantes conseguiu simpatias, divulgação, e, acredito, até alguns pontinhos pela forma sempiterna de Dercy Gonçalves por tramas razoavelmente construídas por Ivany Ribeiro e pelo esforço de Yoná Magalhães, Fúlvio Stefanini, Carminha Brandão e Rafael Carvalho, atores de real competência.

Nenhum deles vai, porém, para o derivado. Talvez por perceber que a estação vai exaurir pela saciedade uma atriz que lhe poderia render muito mais. Não só em entrevistas Dercy brilha. Ela teria o mínimo direito de receber, pelo seu estilo que agora é mesmo único de interpretação em nosso país, um programa cuidado, uma novela adequadamente planejada ou série de especiais espaçados que a resguardassem do desgaste. Tratam o artista assim, ele permite. Depois vão acusar os outros de promoverem derrubada quando críticam. Eta filme já muito visto que ninguém ousa modificar o final.

_____________________________________________________
..........................................................................................................
..........................................................................................................

No comments:

Post a Comment

Followers